Quarta-feira, 23 de Novembro de 2011
A NOSSA CAMINHADA 1/2
 
Êxodo 12:31 a 38
A nossa caminhada é em tudo semelhante à caminhada do povo de Israel, desde o Egipto até a Canaã.
 
O povo sofria muito. Tinham voltado as costas a Deus, ficando à mercê dos inimigos (escravos).
 
Sabendo que estavam a viver ali, por intermédio de José, acomodaram-se e ficaram escravos (400 anos).
 
O povo arrependeu-se, clamou a Deus, e Deus enviou Moisés para os libertar.
 
Também Moisés, já estava à 40 anos no deserto, a ‘desaprender’ tudo o que sabia, para ficar pronto para a obra.
Durante o processo de libertação, Deus operou 10 manifestações da Sua Glória de forma tremenda:
1 – Água em sangue (Deus Hapi e Nilo)                                
2 – Invasão de Rãs (Deusa Hekt, fertilidade)                      
3 – Invasão de Piolhos (Pó da terra sagrado)                      
4 – Invasão de Moscas (Belzebu, Príncipe das moscas)  
5 – Peste nos animais (Deus Amon)                            
6 – Úlceras (Deus Tifon)
7 – Saraiva (Deusa Serafis)
8 – Invasão de Gafanhotos (Deuses Ísis e Serafis)
9 – Trevas (Deus Rá, estrelas e Faraó)
10 – Morte dos Primogénitos (Deus Osíris e lei semeadura)
Durante longo tempo (cerca de 1 ano) Deus fez milagres e prodígios, para mostrar quem Ele era, a quem não queria nada com Ele.
Depois de tudo o que Deus fez, o Faraó não aguentou e teve que deixar o povo ir.
Quando o povo começou a sair, Deus encheu os bolsos do povo de Israel com as riquezas dos egípcios (hoje é o mesmo!).
Na sua caminhada, Deus não os deixou tomar o caminho mais curto e rápido: há um tempo de aprendizagem!
Na sua caminhada o povo passou pelo meio do mar vermelho, de forma milagrosa!
Logo que o povo passou, o mar fechou-se significando que não há como voltar atrás. Não há mais Egipto (Mundo)!
Na sua caminhada, Deus precisava de os fazer ter um encontro real com Ele: Monte Sinai (Horebe)!
Depois o povo foi para o deserto. É muito importante saber que todos passamos pelo deserto!
(teste ao coração de cada um) (Salmo 34:19) (I Coríntios 10:13).
O deserto acontece na nossa caminhada antes de entrarmos na terra prometida.
Para provarmos as Uvas de Canaã, é necessário largar o Egipto e vencer o deserto!
É necessário que nos mantenhamos fiéis, obedientes, com esperança e preserverantes, até ao fim!
No deserto não há nada; Mas com Deus há tudo! (Água, Maná, Carne, Protecção, suprimento, poupança)
Mas precisamos de nos mantermos obedientes a Deus – seguirmos a núvem de Deus!
Muitos, ficam cegos, doentes, amargurados, ‘prisioneiros’ do deserto, porque se afastam da núvem do Senhor!
Outros ficam frios, duros, magoados, secos, porque se afastam do Pilar de Fogo do Senhor!
Haverão guerras e batalhas – algumas pensamos que não estamos preparados para as combater…
Promessas: Deutoronómio 32:30/ Êxodo 14:13 e 14
No deserto não há água – Nem para beber, tomar banho, cozinhar, para os animais…
Promessa:  Neemias 9:15, 20
No deserto não há alimento – Animais, restaurantes, supermercados, carne, legumes…
Promessas:  Êxodo 16:16 a 21
No deserto não há luxos – Carros, roupas, jóias, etc…
Promessas:  Deutoronómio 2:7/ 8:4/ 29:5/ Neemias 9:21
No deserto todos são contra nós – com excepção de Deus e dos que Ele levantou para nos ajudar…
Promessa:  Números 22:21 a 34
I Pedro 4:12 a 14
 


publicado por evangelholivre às 08:59
link do post | comentar | favorito

links
posts recentes

A Verdade

CHUVA DO CÉU

Baptismo nas Águas

Ainda Há Uma Esperança

A UNÇÃO DO ESPÍRITO SANTO

A NOSSA CAMINHADA 2/2

A NOSSA CAMINHADA 1/2

tags

todas as tags