Quarta-feira, 23 de Novembro de 2011
CHUVA DO CÉU
Provisão Celestial
I Reis 18:30 a 46
A época em que estamos é igual à de Elias. A Internet, a TV, o Sexo e o Dinheiro ocupam o lugar de Deus.
O povo segue mais depressa o que as estrelas dizem na TV, do que o que o Pastor diz na Igreja, ou a Palavra de Deus diz.
Mas Deus promete que aqueles que se viram para Ele serão abençoados!
“…Se quiserdes, e me ouvirdes, comereis o bem desta terra…” (Isaías 1:19)
“…Se eu cerrar o céu de modo que não haja chuva, ou se ordenar aos gafanhotos que consumam a terra, ou se enviar a peste entre o meu povo; e se o meu povo, que se chama pelo meu nome, se humilhar, e orar, e buscar a minha face, e se desviar dos seus maus caminhos, então eu ouvirei do céu, e perdoarei os seus pecados, e sararei a sua terra. Agora estarão abertos os meus olhos e atentos os meus ouvidos à oração que se fizer neste lugar. Pois agora escolhi e consagrei esta casa, para que nela esteja o meu nome para sempre; e nela estarão fixos os meus olhos e o meu coração perpetuamente…” (II Crónicas 7:13 a 16)
“…Então clamarás, e o Senhor te responderá; gritarás, e ele dirá: Eis-me aqui. Se tirares do meio de ti o jugo, o estender do dedo, e o falar iniquamente…” (Isaías 58:9)
O povo estava de costas viradas para Deus. Mas algo aconteceu e o povo decidiu-se.
E mediante a decisão, Deus decidiu abrir os céus outra vez. Mas será que foi logo?
Foi mediante a oferta/ sacrifício de Elias! Foi mediante a preseverança do Povo. Foi mediante a mudança de coração do povo! Arrependimento! Novo desejo da presença de Deus!
Elias foi orar, para que se abrissem os céus e ia pedindo ao moço que fosse ver o céu. Não por falta de Fé, mas por entender que o que viria, seria grande e forte.
E à 7.ª vez, o moço viu uma ‘pequena núvem, do tamanho da mão de um homem’. Muitos olham para nós e vêm-nos assim. Pequenos, fracos, sem importância, lá bem no fundo.
Muitos só vêm as bençãos de Deus assim também. Nunca entendem o restante da acção de Deus. Muitos ao verem a ‘pequena núvem’ desistem ou desesperam, porque esperavam algo maior e tremendo: e o milagre perde-se!
Mas não podemos duvidar da Promessa de Deus, nem da Palavra de Deus:
“…Depois de muitos dias veio a Elias a palavra do Senhor, no terceiro ano, dizendo: Vai, apresenta-te a Acabe; e eu mandarei chuva sobre a terra…” (I Reis 18:1)
Elias não duvidou! Elias acreditou e agiu pela Fé! Agiu sem ver! Agiu sem sentir! Apressou-se até! É o que precisamos de fazer! E SEM DUVIDAR!
“…Ora, a fé é o firme fundamento das coisas que se esperam, e a prova das coisas que não se vêem…” (Hebreus 11:1)
“…Ora, sem fé é impossível agradar a Deus; porque é necessário que aquele que se aproxima de Deus creia que ele existe, e que é galardoador dos que o buscam…” (Hebreus 11:6)
“…Não lanceis fora, pois, a vossa confiança, que tem uma grande recompensa. Porque necessitais de perseverança, para que, depois de haverdes feito a vontade de Deus, alcanceis a promessa. Pois ainda em bem pouco tempo aquele que há de vir virá, e não tardará. Mas o meu justo viverá da fé; e se ele recuar, a minha alma não tem prazer nele…” (Hebreus 10:35 a 38)
E mandou o Rei ‘comer e beber’, ou seja, festejar! Alegrar-se! E Agir depressa!
E o que aconteceu? Caiu chuva! E o Espírito Santo caiu sobre Elias e o fez correr mais e mais depressa do que o carro de Acabe!
E vai cair chuva do Céu, na sua vida! Bençãos! Prosperidade! Vitória! Sucesso! Alegria! Bem-estar! Saúde!
Amén?
Deus abençoe!
Pst. João Viegas
 


publicado por evangelholivre às 10:34
link do post | comentar | favorito

links
posts recentes

A Verdade

CHUVA DO CÉU

Baptismo nas Águas

Ainda Há Uma Esperança

A UNÇÃO DO ESPÍRITO SANTO

A NOSSA CAMINHADA 2/2

A NOSSA CAMINHADA 1/2

tags

todas as tags